A física tem um jeito de fazer o impossível virar realidade - John Titor

Bruno Ottoni: Participe do nosso grupo no Facebook clicando aqui.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Fatos Curiosos: O Desaparecimento do Avião da Malásia - Teorias


Bom muitos de vocês certamente ficou sabendo sobre o desaparecimento do Avião da Malásia, esse é um assunto que tem um tempo que eu venho querendo comentar e debater com vocês aqui no blog, o avião que simplesmente sumiu do mapa, desapareceu. Depois de algum tempo após o desaparecimento do avião da Malaysia Airlines, com 239 pessoas a bordo, desconhecem-se, ainda, os motivos que levaram ao sumiço do aparelho. Suicídio de um dos pilotos, terrorismo, sequestro são hipóteses que ainda não descartadas pela investigação, mas há outras tantas teorias da conspiração que o mistério e as redes sociais ajudam a condensar. De ovnis ao envolvimento de Edward Snowden, tudo é aventado na internet.

Teorias

Base dos EUA abate avião
Há quem assegure que o avião foi capturado, ou mesmo abatido, pelas forças norte-americanas da base aérea de Diego Garcia, situada no arquipélago de Chagos, no Índico. O tabloide inglês "The Daily Mail" noticiou que o comandante Zaharie Ahmad Shah treinava a aterragem nesta base aérea no simulador de voo que tinha em casa.
Terror made by Bin Laden
Fundamentalistas islâmicos ameaçaram os pilotos. É a teoria da conspiração mais popular, e previsível, na internet. E não só. Um tweet de Rupert Murdoch apostava que o avião estava escondido, "como Bin Laden", no norte do Paquistão. Depois de se confirmar que os dois passageiros do Irão com passaportes falsos não eram terroristas, mas imigrantes, a tese do terrorismo tem vindo a perder peso.
Telemóveis tocam, tocam
E ninguém atende. Familiares insistem que os telemóveis dão sinal vários dias após o acidente. Só por si, não significa que os passageiros estejam vivos. Mas que a operadora e a rede estão a tentar localizar os aparelhos.
O avião apenas está invisível
E se o avião não se despenhou e está apenas invisível? Bloguistas das novas tecnologias lembram que há "dispositivos de camuflagem" que conseguem esconder as aeronaves do controlo do radar. Ou então colou-se a outro avião para passar invisível no radar. Isto já foi dito por altos responsáveis de companhias aéreas internacionais. Os passageiros estarão numa ilha semelhante à da série "Lost"?
Guerra comercial
Vinte passageiros trabalhavam para uma companhia tecnológica americana e estavam a caminho da China para uma reunião de negócios. Tinham participação nos lucros de uma patente - dinheiro que, caso morressem, passaria para a empresa.
Pilotos maléficos
Os investigadores não descartam a hipótese de ter sido o próprio comandante, que voa na Malaysia Airlines desde 1981, e o copiloto a despenhar o avião.
Frase de código
E se a última frase, que é atribuída ao piloto ou ao copiloto, 'tudo bem, boa noite', for um código secreto de emergência?
Míssil acidental
Não é a primeira vez que um míssil abate uma aeronave por acidente. Em 1988, os EUA atingiram um avião da Iran Air, matando 290 pessoas. Em 1983, um avião da Korean Air Lines foi abatido por um jato russo.
Música de Pitbull
A canção do rapper Pitbull e de Shakira, 'Get It Started', de 2012, esconde também um código? A meio da letra, os artistas cantam: 'Now it's off to Malaysia' e 'Two passports, three cities, two countries, one day'. Os dois passaportes são os dos dois passageiros iranianos; as três cidades referem-se às capitais da Malásia, China e Vietname; os dois países são a Malásia e o Vietname. É o que dizem os teóricos da conspiração.

Teorias populares na internet

Avião foi levado para uma base norte-americana

Uma popular teoria é de que o avião foi levado até a base militar Diego Garcia, numa ilha coralifera ao sul das Maldivas no Oceano Índico. Há várias correntes que definiem como isso ocorreu. O jornalista independente Jim Stone alega que o engenheiro da IBM, Phillip Wood, teria enviado uma foto sua companhada de uma mensagem, com coordenadas GPS que o localizam na base.

A mensagem traduzida seria a seguinte: "Fui feito refém por militares depois de o meu voo ter sido sequestrado, Trabalho para a IBM e consegui esconder o meu telefone no rabo (sic) durante o sequestro. Fui separado dos outros passageiros e estou numa cela. O meu nome é Philip Wood. Acho que fui drogado e não consigo pensar com clareza".

Wood teria dito as palavras que foram transformadas em mensagem pelo seu iPhone 5. A imagem seria completamente escura, já que ele estaria com um saco amarrado à cabeça e não poderia ter confirmado o que teria fotografado. Outra defesa dessa teoria foi publicado no veículo Malaysian Insider, apontando que os dados recuperados no simulador de voos do piloto do avião mostravam várias aterrisagens feitas na base militar.

Envolvimento do banqueiro Jacob Rothschild

A família Rothschild tem origem judia e estabeleceu uma dinastia bancária na Europa. Os nomes de seus membros estiveram envolvidos nas principais guerras da história recente do planeta. Jacob teria comandado o sequestro do avião onde estava vários funcionários de uma empresa a qual controla, a Freescale Semiconductor. Quatros desses funcionários dividiam com ele uma patente com potencial bilionário. Cada um teria 20% da patente. Se o titular da patente morre, os outros proprietários compartilham igualmente os dividendos do falecido, desde que não seja contestado a sua vontade no testamento. Se quatro dos cinco titulares morrer, em seguida, o titular da patente vivo recebe 100% da patente.

Outra teoria é que Jacob usará o avião em um atentado para posteriomente acusar o Irã e atacar o país do Oriente Médio. A intenção dele seria tomar o controle do banco iraniano.

Operação dos Estados Unidos

Um novo relatório que circula pela Internet supostamente divulgado pelo Departamento Central de Inteligência das Forças Armadas da Federação Russa não deixa dúvidas quanto às razões pelas quais o presidente Barack Obama alertou na última semana que o seu maior medo não é a Rússia, mas a explosão de uma bomba nuclear no coração de um qualquer alvo estratégico norte-americano, por exemplo, o Centro de Operações de Bombardeamento da USAF na base de Diego Garcia.

A CIA teria identificado potencial terrorista no voo MH370. Assim, sugere-se que os Estados Unidos tomaram, remotamente, por meio de uma invasão hacker, o controle do piloto automático. Assumido o controle, foi levado até uma altitude próxima da estratosfera. Todos os ocupantes teriam ficado inconscientes. O avião teria chegado a Diego Garcia sem vida a bordo. Após a retirada da carga suspeita que atacaria os Estados Unidos posteriormente, a aeronave novamente decolaria e seria jogada, remotamente, no oceano, para que um dia seja encontrada.

Avião teria sido abatido

A jornalista do periódico ABC da Espanha, Pilar Cernunda, publicou texto indicando que o avião da Malaysia Airlines pode ter sido derrubado por forças de um governo na tentativa de deter um possível ataque terrorista. O objetivo da ação teria sido evitar uma catástrofe semelhante à de 11 de setembro de 2001, contra as torres do World Trade Center, nos Estados Unidos.
A jornalista consultou especialistas, que teriam dito que o Boeing 777 foi sequestrado por terroristas que queriam lançá-lo contra um alvo muito sensível. Outra fonte concorda com a hipótese, mas diz que nenhum departamento de Defesa das nações envolvidas nesta operação admitiria sua participação.

E claro não podemos esquecer da teoria mais comentada: O avião pode ter sido abduzido ou ter passado por algum tipo de portal interdimensional, são diversas teorias, mas o avião continua misteriosamente desaparecido até hoje.

Participe também do nosso grupo no facebook: https://www.facebook.com/groups/johntitorworld/

6 comentários:

  1. E se o avião tivesse algum dispositivo de viagem no tempo acoplada nele? e eles foram para um futuro, para algum tipo de experiencia bizarra ou vai que pessoas do futuro precisassem de alguma peça ou pessoa deste avião como aconteceu em uma teoria de viajantes do tempo que precisaram "roubar" um computador para leva-lo para o futuro e pegar seus dados secretos.
    Sei lá é uma hipótese...

    ResponderExcluir
  2. É simples:
    O avião simplesmente ta no fundo do mar porque sofreu uma pane qualquer provavelmente por falta de cuidado na manutenção que a empresa jamais vai assumir. Não é uma gigante da aviação, é uma empresinha qualquer da MALÁSIA. Então eles vão ficar na deles e só vão descobrir isso quando encontrarem o avião. Fim. Simples questão de custo beneficio. Prova que isso é mais comum do que se pensa é a quantidade de fotos e reclamações de diversas empresas grandes que os aviões tem rachaduras, sensores ruins e a empresa "enjambra" e fica por isso mesmo, ta lá o da airfrance que caiu porque um sensor de altitude congelou. Os engenheiros sabiam q isso podia acontecer, a empresa sabia dos sensores, e não fizeram nada. Mas é mais fácil acreditar em teorias conspiratórias porque a realidade não tem graça.

    ResponderExcluir
  3. Onde o avião estar? Simples no fundo do Mar em algum ponto!
    defeito? abatido? sequestro?
    EUA muito suspeito, bases militares em todo lugar.
    Isso tudo e um misterio...
    celulares ainda dão sinal...

    ResponderExcluir
  4. Motivos para entender que titor é apenas uma farsa para realizar comércio fácil:
    1- o conhecimento apresentado foi na época da criação do CERN na Europa, onde todas as razões de sua criação (1998) foram amplamente divulgadas pelo mundo, sendo de fácil entendimento para pessoas bem instruídas (nerds).
    2 - Projetar o funcionamento de uma maquina de viagem pelo tempo a partir de teorias científicas já era uma prática conhecida durante todo o século XX, a partir da teoria da Relatividade, de Albert Einstein. Em resumo, Titor não trazia algo novo, exceto por dizer-se objeto de sua explanação.
    3 - Baseado no imaginário social e nas produções cinematográficas, JT apresentou sua ilusão, como o mesmo fizeram alguns de seus então recém amigos de um dos fóruns. Um era reencarnado e outra uma alienígena. Não resistiram porém, aos argumentos de JT, muito melhor preparado na conversa.
    4 - Suas pricipais provas, fotos, figuras e texto, tem um aspecto de um período contemporâneo para o ano 2000, distante de tudo que possuímos em 2014 em termos de arquitetura de equipamentos e peças, e provavelmente mais distante ainda de sua suposta época, 2036.
    5 - Seus acertos quanto ao futuro pós 2000 foram mínimos quando comparados a seus erros. Mesmo assim são dignos de análise, pois Nostradamus também errou e acertou, e as pessoas jamais o indicaram como um viajante do tempo. Quem sabe?

    ResponderExcluir
  5. esse avião entrou num portal tridimensional indo para um mundo paralelo, por onde, para nós levaram 4 meses mas, para eles apenas algumas horas e quando voltaram a nossa dimensão eles bateram de frente com um outro avião o MH17.

    ResponderExcluir
  6. Quero mostrar uma teoria que eu tenho. Como todos nós sabemos, os EUA investiga o Brasil sem um motivo aparente (sim, eu sei que ele faz isso com todos os países mas com o nosso a especulação é maior). Em um de seus e-mails John disse que o principal idealizador da maquina para viajar no tempo é um sul americano, brasileiro, considerado um gênio na sua época. Alem disso o Brasil (pelo o que se entende) é um dos poucos lugares "seguro" após a bomba que a Rússia lança em 2015. Ou seja, os EUA acredita no John Titor, e por isso, esta tentando fazer com o que as previsões NÃO ocorra e esta procurando as futuras pessoas importante na história, tentando acompanhar seus passos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...